Geopark Uberaba- Terra de Gigantes

Geopark Uberaba- Terra de Gigantes


O Geopark Uberaba – Terra de Gigantes, integra sítios e geossítios dispersos pela cidade que retratam as riquezas geológicas, a herança histórica e a cultural local. No patrimônio geológico, o destaque é a singularidade dos registros paleontológicos de nossa região, representado notadamente pelos Dinossauros que são reconhecidos pelo mundo. Nos sítios históricos e culturais, apoiamos na relevância do gado Zebu que não é só econômica, mas também cultural. Ainda há as representações sustentadas pelo terceiro pilar que é a força e significância da religiosidade em Uberaba, que teve sua expressão máxima no ícone Chico Xavier, o maior brasileiro de todos os tempos, eleito em um programa de televisão exibido em rede nacional e inspirado no programa britânico 100 Greatest Britons da emissora BBC, colaboradora da edição brasileira.
O reconhecimento como um Geopark potencializará uma maior valorização e promoção destes patrimônios. A Global Geoparks Network  – GGN (RGG) é uma organização internacional, não governamental, sem fins lucrativos e voluntária, que fornece uma plataforma de cooperação entre os geoparques no mundo, reunindo órgãos governamentais, organizações não governamentais, cientistas e comunidades de todos os países em parceria e com base nos regulamentos estabelecidos pela Unesco.

A troca de conhecimento e experiências proporcionadas pela rede e membros de outros geoparks permite nos beneficiar de ideias que notadamente tem oferecido resultados. Cada parceiro é um elo importante dentro da cadeia. Em conjunto todos se beneficiam por meio da criatividade, dos  esforços de colaboração progressiva e, acima de tudo, do apoio mútuo.

O Geopark Uberaba – Terra de Gigantes têm desenvolvido diversas ações de promoção, divulgação e valorização do nosso patrimônio único. Reforçados pela identidade territorial que são sustentados nos pilares Dinossauro, Gado Zebu e Chico Xavier, promovemos a região com a criação de sítios e geossítios que se interligam e promovem o desenvolvimento econômico regional e local, em uma abordagem que combina conservação, educação e desenvolvimento sustentável, reforçando o Geoturismo, o turismo religioso e nossa herança cultural.