Geopark Uberaba- Terra de Gigantes
O Geopark Uberaba– Terra de Gigantes, integra sítios e geossítios dispersos pela cidade que retratam as riquezas geológicas, a herança histórica e a cultural local. No patrimônio geológico, o destaque é a singularidade dos registros paleontológicos de nossa região, representado notadamente pelos Dinossauros que são reconhecidos pelo mundo. Nos sítios históricos e culturais, apoiamos na relevância do gado Zebu que não é só econômica, mas também cultural. Ainda há as representações sustentadas pelo terceiro pilar que é a força e significância da religiosidade em Uberaba, que teve sua expressão máxima no ícone Chico Xavier, o maior brasileiro de todos os tempos, eleito em um programa de televisão exibido em rede nacional e inspirado no programa britânico 100 Greatest Britons da emissora BBC, colaboradora da edição brasileira. O reconhecimento como um Geopark potencializará uma maior valorização e promoção destes patrimônios. A Global Geoparks Network  –…

Mostra fotográfica “Terra de Gigantes” atrai atenção do público no saguão da PMU

Após encantar a Casa do Turista, em Peirópolis, e o Centro de Cultura José Maria Barra, a exposição “Terra de Gigantes” da fotógrafa Janaína Moura está encantando o público no saguão do Centro Administrativo da Prefeitura Municipal de Uberaba. A iniciativa tem parceria da PMU, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo, e destaca um dos principais sítios históricos do Geopark Uberaba. A visitação é gratuita e segue aberta ao público até o dia 17 de novembro. A classificação é livre.
Fotos/André Santos/PMU

A Exposição Terra de Gigantes apresenta trabalhos fotográficos inéditos realizados entre 2016 a 2018 sobre Peirópolis. De forma ampla e expressiva, e com um olhar sensível, a fotógrafa Janaína Moura leva o expectador a uma viagem pelas riquezas paleontológicas, belezas naturais, tradições, crenças, garra e diversidade cultural da população da região.
“Peirópolis é considerada a Terra dos Dinossauros por concentrar quantidades enormes de fósseis de animais que aqui habitavam há milhões de anos. Hoje é uma comunidade modesta, mas com o olhar no futuro, e por isso caminha a passos largos se adequando ao turismo rural moderno, no desenvolvimento econômico sustentável, na promoção da sua imagem como um patrimônio histórico, científico, e cultural, influenciando positivamente na condição de vida dos seus habitantes e do meio ambiente”, enfatiza a fotógrafa Janaína Moura.
A fotógrafa responsável pela mostra Terra de Gigantes conta que morou na Europa durante muitos anos, o que a fez desenvolver um olhar sensível humanizado ao Brasil. Formada em Administração, Janaína é gestora social no Instituto Ide Brasil. Ao longo dos anos a paixão pela fotografia  cresceu  levando a desenvolver vários projetos, dentre eles "Um Sorriso por Uma Foto", que foi premiado internacionalmente. Já realizou e foi convidada para várias exposições de arte em Galerias e Casas de Cultura de BH, entre eles, o mais recente "Viver Sem Tempos Mortos", que esteve também na Casa Paulo Lima em Uberaba no ano de 2017.
 “O que me levou a desenvolver este trabalho sobre Peirópolis foi a riqueza paleontológica, bem como um povo encantador e acolhedor que em meio a tanta crise luta pela riqueza natural de um país, de um estado, de um local. A Exposição Terra de Gigantes vai retratar a grandeza do local, passando pelos museus, tradições, belezas naturais, crenças e um povo gigante. Espero com esta exposição potencializar as riquezas de Peirópolis, trazendo no expectador o desejo de conhecer, sentir promovendo assim o local”, destaca Janaína.
Luiza Carvalho – Jornalista
Secom/PMU