Geopark Uberaba- Terra de Gigantes
O Geopark Uberaba– Terra de Gigantes, integra sítios e geossítios dispersos pela cidade que retratam as riquezas geológicas, a herança histórica e a cultural local. No patrimônio geológico, o destaque é a singularidade dos registros paleontológicos de nossa região, representado notadamente pelos Dinossauros que são reconhecidos pelo mundo. Nos sítios históricos e culturais, apoiamos na relevância do gado Zebu que não é só econômica, mas também cultural. Ainda há as representações sustentadas pelo terceiro pilar que é a força e significância da religiosidade em Uberaba, que teve sua expressão máxima no ícone Chico Xavier, o maior brasileiro de todos os tempos, eleito em um programa de televisão exibido em rede nacional e inspirado no programa britânico 100 Greatest Britons da emissora BBC, colaboradora da edição brasileira. O reconhecimento como um Geopark potencializará uma maior valorização e promoção destes patrimônios. A Global Geoparks Network  –…

Para conseguir título da Unesco, PMU incentiva empresariado a produzir geoprodutos

09/09/2019 - 00:00:00. - Por Marília Mayer Última atualização: 09/09/2019 - 14:45:48.
Com investimentos focados para que Uberaba seja reconhecido pela Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura) como o Geopark “Terra de Gigantes”, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico do município começa a trabalhar os canais ligados ao turismo.


De acordo com a presidente do Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico e Social (COMDESU), Anne Roy Nóbrega, uma empresa faz um planejamento estratégico territorial do que a cidade pode colocar no Geopark, além disso, parcerias estão sendo desenvolvidas com o Senac e o Sebrae.
O Senac iniciou um curso sobre o turismo e como pode ser usado como alavanca. Já o Sebrae e Prefeitura investem R$100 mil para diagnósticos do turismo local pelos próximos 12 meses.
“Uma primeira ação é a definição da rota em Peirópolis e um levantamento do que as pessoas vão enxergar e descobrir no caminho, é montar uma rota turística com um especialista. O segundo projeto de fomento com o Sebrae é um levantamento de todos os profissionais da área turística”, explica a presidente do COMDESU.
As ações cumprem o roteiro de desenvolvimento turismo da Unesco. O projeto em desenvolvimento prevê a criação de cinco geossítios, sendo Santa Rita, Parque Fernando Costa, Memorial Chico Xavier, Peirópolis e Fazenda Caçu, fortalecendo três pilares históricos – zebu, Chico Xavier e dinossauros.
Ainda, serão implementadas melhorias no transporte público, acessibilidade e será feito um trabalho no sentido de tornar os uberabenses acolhedores para o turismo, para que assim, seja feita a divulgação do município como rota turística.
“O problema é que o uberabense não sabe desses três pilares é uma riqueza enorme e motivos orgulho que poucas pessoas sabem”, constata Roy.